Combustível de Mudança

Os postos de combustível vão passar a vender combustiveis simples (que é como quem diz, mais baratos). Até há pouco tempo, fazia quem queria; agora farão todos (pelo menos em teoria). Visto que isto é uma imposição pela força da lei, questiono qual a verdadeira razão da imposição. Forçar um lobby tão grande como o dos combustíveis e das petrolíferas a aplicar mudanças que implicam custos, não me parece que seja feito de ânimo leve, nem sem grandes contra partidas.

Questiono se não será do interesse de ambas as partes (Sistema e Petrolíferas) que isto assim aconteça, mas sob a cortina de uma imposição. Dúvido que as petrolíferas tenham a humildade e os tomates para dizer: “As bombas de combustível mais barato, sobretudo as localizadas em hiper-mercados, estão-nos a causar prejuizos (ou lucros menores) e portanto temos de combater isso”.

É muito mais bonito não ter que dizer isso, e aplicar a solução sob a forma de imposição de uma lei. Aqui sim, me parece que existe uma parceria. Tu coças as minhas costas, eu coço-te os tomates. Tenho algumas dúvidas do benefício para o consumidor. Claro que haverá, mesmo que ténues. Mas isto parece-me mais uma acção de recuperação de consumidores perdidos, em detrimento das bombas mais baratas. Com meia dúzia de promoçoes e pontos em cartão, as grandes deverão conseguir recuperar (pelo menos uma parte) daquilo que perderam ao longo dos anos.

Isto porque a ideia de que o mercado dos combustíveis é livre e atua em concorrência perfeita e das maiores merdas que se pode dizer. basta fazer uma auto-estrada e verificar que a diferença de preços entre BP, Repsol, Galp é 0 (zero, caso haja dúvidas).

Mas atenção, nem tudo é mau, nem tudo é criticável. Quero terminar esta exposição com uma ideia positiva, e será esta que quero que fixem:

É possível forçar as grandes empresas a aplicar mudanças que são do nosso interesse. Deixem de comprar o produto de uma empresa, e ela terá que tomar medidas. Todos querem o vosso dinheiro, façam com que tenham que fazer para o merecer. Isto aplica-se a toda e qualquer empresa/produto.

A Mudança parte de cada um, a força vive em cada decisão que tomamos. A escolha somos nós.

Ref: http://observador.pt/2015/04/12/combustiveis-low-cost-chegam-quinta-feira-mas-nao-se-sabe-se-precos-vao-baixar/

Anúncios

Seborreia e as suas causas

“Dermatite seborreica, sebopsoríase ou seborreia pode ocorrer em diversas áreas do corpo. Normalmente forma-se onde a pele é oleosa ou gordurosa, como couro cabeludo, sobrancelhas, pálpebras, vincos do nariz, lábios, atrás das orelhas e tórax.”

Não me interessa falar aqui da condição em si, mas da imagem que ela transmite. A própria palavra “Seborreia” é por si só, desagradável. É demasiadamente parecida com Diarreia, que se encontra um pouco mais abaixo no nosso corpo, e no fundo é também ela uma expulsão de um excesso, sendo que a Seborreia se manifesta no topo de corpo.

Serve esta introdução para lançar o tema deste artigo: os virais de merda (ou, no caso, de Sebo).

De certeza que fizeram parte da experiência que surgiu em meados de Fevereiro sobre um vestido. Era branco e dourado, ou azul e preto? Este tipo de questãos parece pertubar de sobremaneira o nosso intelecto, dando azo a discussões a uma escala mundial. A verdadeira pergunta a retirar deste viral, seria (e utilizarei um excerto de uma canção dos Mão Morta):

“Mas o que é que isso interessa?” Tu disseste: “Nada”.

É mesmo isso: NADA. Não contribui em nada para a nossa evolução. Foi giro, falou-se muito, mas pronto, acabou e contribuiu apenas para que ganhassemos um pouco de Seborreia no couro cabeludo.

Se este questionamento viral fosse um caso isolado, não seria preocupamente. Era novidade, foi o que foi e seguimos em frente, rumo a temas mais estimulantes. Nem por isso, porque aqui há gato (verão a piadola forçada que fiz aqui, lendo este artigo: http://www.noticiasaominuto.com/mundo/372621/esta-este-gato-a-subir-ou-a-descer-as-escadas

Gostaria de referir o texto da notícia que diz, e cito: “A discussão vai longa e as opiniões puxam para os dois lados, mas não há ainda uma resposta para a questão que paira na cabeça de milhares de internautas.”

A sério? Estamo mesmo a perder tempo a tentar desvendar este enigma? A sério?

“Mas o que é que isso interessa?” Tu disseste: “Nada”.

É preocupante assistir ao tempo que se perde com questões que apenas acrescentam seborreia ao nosso couro cabeludo. Corremos o risco de criar uma camada tão grande, que já nada entra e nada sai.

Lembrem-se: sempre que estiverem expostos a coisas que vos causam seborreia, de seguida vão lavar a cabeça com outra que higienize a mente.

Por exemplo: depois de lerem este artigo, recomendo que leiam algo que contribui para o vosso intelecto, e não para a vossa Seborreia.

Referência vestido: http://expresso.sapo.pt/o-vestido-que-esta-a-enlouquecer-a-internet-branco-e-dourado-ou-azul-e-preto=f912781